Encontraponto

E-books
INVESTIGAÇÃO NUMA PEQUENA COMUNIDADE DE VIZINHANÇA
Autoria: Encontraponto
Ano: 2013
Tamanho: 1 MB
Formato: PDF
Sinopse:
Os eventos relatados a seguir tem por cenário uma comunidade conhecida pelo nome de Travessa; o casario situado no morro faz a ligação entre a grande avenida circular que, abaixo, margeia o curso do principal rio da cidade e, acima, a estrada de acesso ao centro urbano. O casario se dispõe na forma de um paralelogramo torto para o lado esquerdo e estreito na ponta. Numa visão aérea parece um navio encalhado na rocha em cuja proa se encontra a Casa de Lata.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
HISTORIAE E ESTORIAS CURTAS
Autoria: Encontraponto
Tamanho: 410 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Diversos escritos escritos nos ultimos dez anos, agora reunidos sob este título.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
MADAME MACHADO
Autoria: Encontraponto
Tamanho: 191 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Memória de domingo em Madame Machado, bairro periférico de Petrópolis, R.J., em janeiro de 2003.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
A CORRESPONDÊNCIA
Autoria: Encontraponto
Ano: 2016
Tamanho: 163 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Obra de ficção dedicada às gerações do deserto, escrita entre dezembro de 2015 e julho de 2016.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
E NUNCA MAIS FOI A LEITURA ADIANTE
Autoria: Encontraponto
Ano: 2007
Tamanho: 270 KB
Formato: PDF
Sinopse:
A sociedade humana é composta por homens mortais. Analisada sob o ângulo absoluto da sucessão das gerações de homens mortais, a sociedade é, contudo, imortal. A solução dos termos aparentemente antitéticos desta equação encontra-se na continuidade das instituições e valores dos povos resgatados pelos sucessores. Mas a possibilidade de uma ruptura da continuidade entre os sucessores e o sentido de uma sociedade constituída por mortais deve adquirir também um estatuto na reflexão histórica. A questão da memória e do esquecimento, posto nos termos de uma dialética da duração, é o leitmotiv da História. A história, rigorosamente, nunca começa. Mais certo é dizer que continuamente recomeça - como se cada geração realizasse sempre um novo começo, como escreveu Franz Kafka, na Carta ao meu pai: O momento decisivo do desenvolvimento humano é permanente. Por isso os movimentos espirituais revolucionários estão certos em declarar nulo tudo que lhes precede, pois nada ainda sucedeu.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
VELHO CHICO - UM SABOR DE VIDA E CORTE
Autoria: Encontraponto
Ano: 2005
Tamanho: 150 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Na matéria "Seca ameaça 40 milhões de pessoas que dependem de seis bacias hidrográficas", reportagem de Cleide Carvalho para Globo.com de 24/08/2014 http://oglobo.globo.com/brasil/seca-ameaca-40-milhoes-de-pessoas-que-dependem-de-seis-bacias-hidrograficas-13711151 ficamos a saber a tragédia que se abate sobre uma imensa parcela do Brasil. O processo é antigo, mas cada governo "neodesenvolvimentista", sob ditaduras ou democracias, amplia suas dimensões e conseqências. O domínio do capital, a cerca, a seca e o voto estão na sua base. Minha família e eu estivemos lá, no verão de 2005. As memórias desta viagem parecem, infelizmente, tão atuais. Mas isto é história, não apenas o passado mas uma luta a se travar.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
O TALENTO ESTÁ EM TODOS NÓS
Autoria: Encontraponto
Ano: 2012
Tamanho: 503 KB
Formato: PDF
Sinopse:
- O talento está em todos nós. Eu tenho, você tem. A gente precisa é desenvolvêlo, arrematou Mauro, o artesão de móveis lá de “Bichinho”, como é conhecida a localidade de Vitoriano Veloso, arraial pendente entre o direito de pertencer ao município de Prados e o fato de estar vinculado por oportunidades de trabalho e comunicação a Tiradentes. Pois é, talento.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
MEMÓRIA SOCIAL SOBRE SAÚDE E AMBIENTE EM SUMIDOURO, R.J.
Autoria: Encontraponto
Ano: 2008
Tamanho: 1 MB
Formato: PDF
Sinopse:
Relatório final de pesquisa do projeto MEMÓRIA SOCIAL SOBRE SAÚDE E AMBIENTE; UM PROJETO DE PESQUISA-AÇÃO COM AGRICULTORES FAMILIARES DE SUMIDOURO, R.J.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
CINCO VEZES UM
Autoria: Encontraponto
Ano: 2012
Tamanho: 969 KB
Formato: PDF
Sinopse:
A coletânea de textos que o leitor, leitora tem em tela expressa o empenho do autor em situar-se na sua época, em distintos momentos. Descrente da possibilidade de reminiscências recuperarem os fatos tal como foram vivenciados, ficcionalizei as lembranças referidas. Assim espero ter me aproximado do que convencionalmente se conhece por literatura.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
CELACANTO PROVOCA MAREMOTO: O PRIMEIRO GRAFITE
Autoria: Encontraponto
Ano: 2014
Tamanho: 48 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Celacanto provoca maremoto. A frase aparecia em todo lugar, impressionando. O olhar era atraído como se a palavra fosse um ímã. Celacanto? O som era bonito, agradável de pronunciar, como se fosse provençal, uma palavra elaborada lentamente nas teias culturais que cruzam os países latinos do Midi. Mas um maremoto provocado por um ser (ainda que de proporções descomunais ou mítico), não era crível. Certamente tratava-se de uma mensagem. Todos logo entenderam que celacanto, esse enigmático sujeito capaz de proeza titânica, chegaria a qualquer momento. Ainda que houvesse dúvida quanto à natureza de celacanto, “ele” pairava nas conversas nos bares. Pode-se mesmo dizer que celacanto estava entre nós todos, “habitava” os nossos desejos e sonhos. Adquirira uma existência virtual: vivia através da comunicação entre as pessoas, circulava nas interjeições - “cuidado, celacanto provoca maremoto!” E foi assim que celacanto tornou-se um personagem visado pela polícia política.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
CÃO SEM DONO
Autoria: Encontraponto
Ano: 2014
Tamanho: 27 KB
Formato: DOC
Sinopse:
Pequena narrativa ficcional baseada em evento presenciado no verão de 2014.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
O VENENO DESTA NOITE
Autoria: Encontraponto
Ano: 2014
Tamanho: 311 KB
Formato: PDF
Sinopse:
AI, DESSA NOITE O VENENO PERSISTE EM ME ENVENENAR – dizem os versos do fado Abandono, letra de David Mourão-Ferreira e música de Alain Oulmam, audível na voz e na sombra de Amália Rodrigues . Serve-nos aqui esta música que fala da falta de liberdade, da prisão e da ausência, para lembrar-nos da permanência dos efeitos do regime militar, que se prolongaram muito além de sua vigência institucional.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
RIOS ARTERIAIS
Autoria: Encontraponto
Ano: 2013
Tamanho: 135 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Diário de viagem ao Peru, realizada em julho de 1995.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
CUBA: DIÁRIO DE UMA VIAGEM
Autoria: Encontraponto
Ano: 2001
Tamanho: 742 KB
Formato: PDF
Sinopse:
O desenvolvimento da cultura, dos esportes, da ciência, com base no aperfeiçoamento do ser humano, inspirado pelo ideal do desenvolvimento das capacidades de todos de modo solidário - e não meritocrático e desigual, sob o látego da fome e do desemprego, do monopólio dos recursos financeiros e técnicos -, representa uma contribuição inegável para o futuro da humanidade. A pobreza a que se viu obrigada Cuba favoreceu o desenvolvimento desses frutos que a humanidade precisará nas próximas e difíceis décadas. Será possível e justo fazer um julgamento sobre o que assistimos, em tão pouco mas denso tempo? O melhor será recorrer a Silvio Rodriguez, para dizer, com suas palavras o que talvez apenas o povo cubano possa sentir: Al final de este viaje en la vida, quedará Nuestro rastro invitando a vivir. (...) Quedamos los que puden sonreír En medio de la muerte, en plena luz.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
AS FACES DO MODERNO LEVIATÃ
Autoria: Encontraponto
Ano: 2012
Tamanho: 144 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Versão original do capítulo do livro Vinte Anos de Resistência: Alternativas da Cultura no Regime Militar, organizado por Maria Amélia Mello, publicado em 1986 no Rio de Janeiro pela editora Espaço e Tempo.

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
CARTEIRA ASSINADA
Autoria: Encontraponto
Ano: 2003
Tamanho: 138 KB
Formato: PDF
Sinopse:
O texto “Aos operários, camponeses e intelectuais conscientes”, foi escrito por Antonio João, pseudônimo de um metalúrgico conhecido como “Português”, em 1982. O texto original passou pela edição de Eduardo Stotz, para ser publicado sob o título de "Carteira Assinada" em Arquivos de História Social do Brasil Contemporâneo, página na internet ativa no período de maio de 2002 a abril de 2003. criada por este último autor com a participação de Eulália Maria Lahmeyer Lobo e Pedro Tórtima.
 
Através da porta
Autoria: Encontraponto
Ano: 2012
Tamanho: 163 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Conto
 
O TEMPO NO PLANETÁRIO E OUTROS ENSAIOS
Autoria: Encontraponto
Ano: 2004
Tamanho: 503 KB
Formato: PDF
Sinopse:
Este livro nasceu como parte de uma bagagem levada em longa viagem, sempre à mão: algumas coisas são usadas, outras não. Na medida em que escrevia os textos, guardava-os, muitas vezes sem uma revisão e com partes inacabadas. Retomei sua leitura, ora releguei-os, ora preserveios. Noutras vezes, escrevi textos assemelhados. Os escritos aqui reunidos foram elaborados em momentos distintos, dentro de um período marcado pelo fim da minha militância política organizada e, com o retorno à vida civil, pelo desenvolvimento de uma carreira acadêmica, como professor e pesquisador, sempre vinculada à assessoria aos movimentos sociais. Aprendi muito nas viagens. Numa destas, tive a oportunidade de amadurecer a perspectiva de análise que gostaria de adotar neste livro. Foi na rodoviária de São João del Rei, por onde passei, num dia no inverno, com destino à cidade de Tiradentes. Tive a curiosidade de ler e anotar, afixado em mural, uma matéria que se iniciava com a seguinte frase no jornal Amanhecer, em sua edição de cinco de agosto de 1999: "Cada lugar possui a sua história transmitida por documentos, fatos, lendas, contos narrados pelos mais antigos, passados de pais para filhos, e mesmo deduções." É disto que este meu livro trata: da narrativa histórica.
Site do Escritor criado por Recanto das Letras